Páginas

Base Líquida Efeito Matte VULT - RESENHA COMPLETA

Oi, Lindezas!!

Base, boa e baratinha.. é amor!! Né?!
Testei a Base Líquida Efeito Matte, da VULT. Que tem sido super comentada..
E gravei tudo pra vocês, olha só:



Bom.. a base tem muitos tons, então é muito possível que tenha o ideal pra você!

(foto do blog http://www.julianagoes.com.br/ )

- Cobertura: 10 - Fica fina, e cobre praticamente tudo que precisa.
- Textura: 10 - Super 10!! É sequinha, e mesmo assim fica bonita na pele.
- Durabilidade: 9 - Ninguém é de ferro!! né?! rsrs.. Mas durou quaaaase o dia todo, sequinha.

(Lado só com base X Lado sem nada)


- "Pós-base", então.. aí que está! Em MIM, rolaram duas espinhazinhas depois :(
Mas, eu tenho a pele SUPER sensível.. as da Maybelline dão.. até MAC!!
O bacana é você testar, e ver se rola com você!! Vale a pena, já que o valor é em media R$32,00 (por uma BOA base)


Se não me engano, já tem, ou está pra chegar, na www.ilovecompras.com.br pra comprar online!!!
(Ou por encomenda, manda um recadinho lá @lojailovecompras)
PS: O pincel MARAVILHOOOSO que eu usei, comprei lá!!


Suuuper beijão, e até o próximo!

Siga nas redes sociais:
Insta @ElasProduzidas
Facebook www.facebook.com/ElasProduzidas
www.facebook.com/JuliaMonteiro

Ahhh.. Deixa e um comentário aqui pra mim?! :D

Maquiagem Festiva + Resenha Paleta Vult

Heyyyy lindezas.. tutoria no AR!
Super simples, e com várias dicas que ajudam muito!!
De como usar preto e muito mais...



Corre pra conferir!! e clica no JOINHA :DD


PRODUTOS UTILIZADOS:

Base efeito Matte - VULT (resenha completa aqui)
Corretivo cobertura alta - Natura UNA
Pó translucido iluminador Paleta 52 Cores Studio 1 - VULT
Pó Bronze color trend - AVON
Blush Paleta 52 Cores Studio 1 - VULT
Sombras Paleta 52 Cores Studio 1 - VULT
Sombra unitária MA 02 - VULT
Caneta Delineadora - VULT
Lápis Carbon - Dailus PRO
Máscara de cílios  Maxxi Volume e Definição - Dailus
Batom cor 19 - VULT

Siga nas redes sociais:
Insta: @ElasProduzidas
Facebook: www.facebook.com.br/elasproduzidas

Guest Post: Especial Miss Universe - por Thiago Corrêa

E chega ao final uma das piores edições dos últimos anosdo Miss Universe. Vence uma das favoritas (e não muito querida): Colôôôôôôôômbia. Paulina Vega (lembrei daAmelia Vega, a Miss U 2003, que era detestada por suas concorrentes.


Arrastada como todo o concurso, a final foi de fria à gelada. E por mais que houvera uma tentativa de que o clima latino pudesse incendiar. Mas não funcionou. Palco pequeno, músicas ruins, jogo de câmera estranho, enfim, DETESTEI.


 Confesso que ver Melissa no top 15 foi uma surpresa, assim como a holandesa, a zebra linda da noite. Acredito que Melissa só entrou por questões políticas entre o Trumpe o Brasil. Sim, ele escolhe seis candidatas que estarão no top, pois sua preliminar, no todo, foi muito ruizinha, e candidatas excelentes ficaram de fora. Enfim, infelizmente, isso todo ano acontece.

Mas vem cá... e esses comercias?! Os takes do concurso eram mais curtos que os ditos... que preguiça.


Camille Cerf, pra mim, uma das favoritas e que também parou no top 15 deu uma declaração sobre o concurso que pode ser conferida aqui:


http://www.purebreak.com/news/camille-cerf-chirurgie-triche-miss-france-critique-severement-miss-univers/82448#lt_source=external,manual,manual,manual


"Estou orgulhosa de ter estado entre as quinze, apesar de acreditar que garotas que não mereciam avançaram para o top 10. 
Disse não queria ser coroada MU, pois não havia vivido seu reinado na França, que tem pouco mais de um mês. Com o título, se mudaria de seu país e ela queria viver seu reinado nacional. Disse que em um encontro com Gabriela Isler, ela parecia abatida e cansada. Não parecia feliz. Falou que, apesar de deestar orgulhosa por ter reprsentado seu país e ter se decepcionado com o seu resultado, é uma verdade que esse título não a representa.
Camille Cerf ainda disse na entrevista que é contra a postura do concurso de aceitar cirurgias plásticas (lembrando que no Miss França não são permitidas candidatas que já se submeteram a cirurgias plasticasestéticas). Segundo ela, plásticas fazem muita diferença, e não sao muito justas. Nesse caso, o concurso se resume a eleger o melhor cirurgião, e não a maior beleza natural. Segundo ela, mais da metade das candidatas já tinham passado ''pela face'', mesmo que para pequenas operações.
Por fim, alegou que Venezuela, Colombia, e outros países latinos estão consistentemente no top15, apesar de nem sempre merecerem."

Pesado.


Enfim. Top 15, ok. Filipinas, Brasil, Venezuela, pra mim eram Trump Cards, assim como a indiana. As outras, eu não sei. Equador, México, Costa Rica de fora, muitos acharam injusto. E nenhuma negra.

Top 10: Venezuela com um corpo ruim e a Filipinas feia entrando.

Top 5: Não é que a holandesa desbancou a espanhola, grande favorita. Entraram Colômbia, Ucrânia, EUA e a jamaicana elegante e sofisticado, que tirou vaias do público ao ser ovacionada em quinto lugar. Asegunda da noite era ela, indubitavelmente (Lembra muito a Anne Volponi, inclusive, que já foi Miss ES, mas nossa capixaba é mais linda). Holandesa em quarto, legal. Adorei seu yellow bus. Ucrânia, mesmo com uma base dois tons a sua pele em terceiro foi absurdo. Era top 1, pra mudar a cara da coisa, pra algo ter se tornado diferente, no lugar da americana. Demonstrou amor em sua resposta.

Jamaica!




A vencedora disse que mulheres precisam aprender a “igualdade” com os homens, WTF? Em que mundo vive? E os vários casos de violência contra a mulher, fora a desigualdade em vários outros aspectos. Mas chegou favorita, permaneceu e por mim essa resposta a colocaria na quinta colocação. Mas deu um título de beleza a ela que vinga outras colombianas vices em 92, 93, 94 e 2008. Várias outras que ficaram no top cinco. Mas pra mim, não é a melhor colombiana nem de perto.

Paulina Vega é a nova Miss Universo, num concurso racista, machista e que não escolhe a mais linda do mundo, mas sim uma mulher (latina de novo) pra algumas campanhas publicitárias.

Não era das mais queridas. No momento do anúncio, a porto-riquenha desmaiou. A russa saiu escoltada do evento. Tinha uma prepotência que sempre me incomodou. Isso pode levar pessoas ao topo, ou ser um tiro no pé.


Hoje a foto que deixo não é a da Miss Universo, e muito menos da coroa pavorosa que o concurso adotou.

Quem roubou a cena foi ela e destruiu sonhos. Merecia mais.

Caci, a jamaicana.



 

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger